Transportar produtos perecíveis, alimentos, certos tipos de medicamentos e plantas, entre outras cargas especiais, demanda uma logística específica para que os itens cheguem intactos ao cliente final. Para tanto, são necessários os serviços de veículos com carrocerias refrigeradas.

Ideal para cargas congeladas ou resfriadas, além daquelas frigoríficas e isotérmicas, essa carroceria deve ser fabricada com qualidade para que cumpra bem sua função. Logo, ela é responsável por garantir a temperatura ideal para o acondicionamento e carregamento desse tipo de mercadoria. Caso contrário, pode comprometer todos os itens, causando prejuízos para os negócios e o consumidor.

Elaboramos este artigo com a finalidade de demonstrar os padrões de temperatura necessários às carrocerias refrigeradas, pois tal item é primordial para garantir a qualidade no transporte dos produtos especiais. A seguir, listamos alguns tipos de carrocerias fechadas e suas principais características. Continue a leitura e aproveite as informações!

Baú

Existem vários tipos de caminhões-baús, sendo que cada um apresenta determinada vantagem (dependendo da modalidade de carga a ser transportada). O baú lonado, por exemplo, tem como principal característica a temperatura.

Isso porque o baú de alumínio, quando exposto ao sol, é aquecido, o que o torna mais viável para o transporte de qualquer mercadoria que não necessite de temperatura ambiente ou amena. Em razão disso, o modelo lonado é o indicado para o carregamento de refrigerantes — que requerem a manutenção da temperatura ambiente para uma melhor conservação.

Outro benefício desse tipo de carroceria é que ele abre nas laterais, o que facilita o processo de carga e descarga de caixas. Portanto, engradados, cargas paletizadas e caixas levam vantagem com o baú lonado.

Baú refrigerado

Essa carroceria refrigerada é uma câmara frigorífica rodoviária, desenvolvida de acordo com as características de temperatura de conservação do produto a ser transportado e do veículo que o acompanhará. Geralmente, são usados caminhões ou camionetes.

Trata-se de um modelo ideal para o transporte de mercadorias perecíveis, como:

  • pescados;
  • sobremesas;
  • carnes;
  • frios;
  • laticínios;
  • medicamentos;
  • flores;
  • frutas e verduras etc.

Isso significa que o baú refrigerado é útil para o carregamento de itens que necessitam de temperatura controlada para a conservação em toda a cadeia do frio, desde a produção até a entrega na mesa do cliente final. Seu aparelho de refrigeração tem uma temperatura que varia entre 0 e -10° C.

O sistema de refrigeração desse tipo de carroceria baú requer um dispositivo instalado usualmente na parte superior do veículo. Ele se divide em duas partes: uma é a unidade conservadora e a outra, condensadora.

A unidade de evaporação utiliza o vento frio para entrar em contato com o interior do baú, refrigerando-o. Enquanto isso, a condensadora atua externamente, movimentando, exalando o ar quente e promovendo a troca de calor.

Baú frigorífico

O baú frigorífico é um veículo destinado ao transporte rodoviário de cargas a uma temperatura controlada, sendo que seu aparelho de refrigeração permanece entre -15° C e -20° C. Essa opção é indicada para o carregamento de congelados como:

  • carnes bovinas e suínas;
  • frangos;
  • peixes;
  • pães congelados, entre outros.

Em países quentes como o Brasil, sempre ligamos tal tipo de transporte a mercadorias congeladas e resfriadas. Porém, sua utilidade abrange qualquer produto cuja temperatura indicada seja diferente da externa.

Carrocerias frigoríficas são implementos que procuram impedir que o calor do ambiente externo entre no compartimento das cargas. Com a tecnologia cada vez mais avançada, essa entrada de calor está muito reduzida, ocorrendo apenas a partir das paredes do veículo e, também, quando se abre a carroceria para descarga.

Bug porta container

Trata-se de um container refrigerado útil para a conservação de vários tipos de produtos perecíveis que necessitem de temperaturas controladas constantemente. Sua principal característica é a possibilidade de pré-programar a temperatura ideal para o tipo de carga transportado.

Sider

Esse modelo é próprio para o carregamento de produtos em geral, tais como paletes, racks, sacarias e outros que possam ser transportados em temperatura ambiente. A eficiência para a carga e a descarga é o grande diferencial da carroceria sider.

Os processos acontecem pela lateral do veículo, que abrange principalmente itens como:

  • autopeças;
  • alimentos;
  • produtos de higiene e limpeza.

Silo 

Essa modalidade é utilizada principalmente para transportar cargas que exigem impermeabilização, como o cimento. O carregamento ocorre pela parte superior da carroceria (e a descarga, pelo setor inferior).

O silo é adotado também no transporte de grãos e alimentos que não necessitem de um controle de temperatura. Esse tipo de implemento protege completamente a carga do meio externo, eliminando a possibilidade de contato com agentes contaminantes (como insetos, poeira ou umidade) e perdas durante o deslocamento.

Tanque 

As carrocerias do tipo tanque são comumente utilizadas no transporte de produtos perigosos, como gasolina, etanol e óleo diesel. Os fabricantes de fertilizantes também adotam bastante esse veículo para o envio de seus produtos. Entre suas particularidades, destaca-se a proteção quanto a ações externas de pressão e temperatura.

Bônus: sugestões em relação à temperatura

Durante o transporte, os veículos com carrocerias refrigeradas não devem apresentar riscos de contaminação para as mercadorias, garantindo a temperatura adequada. O carregamento de alimentos perecíveis precisa ocorrer em um compartimento fechado e, dependendo da natureza dos itens, sob:

  • refrigeração ao redor de 4º C, com tolerância que vai até 7º C;
  • resfriamento ao redor de 6º C, não ultrapassando 10º C ou de acordo com a especificação do fabricante (expressa no rótulo);
  • congelamento a -18º C, com tolerância que vai até -15º C.

Os veículos que necessitem de controle de temperatura permanente devem conter sempre termômetros calibrados e de fácil leitura. A recomendação de temperatura é relativa aos alimentos — e não ao caminhão. A exigência de carrocerias refrigeradas fica a critério do transporte e da carga.

Para garantir que seus produtos sejam entregues em segurança e mantenham a qualidade, é preciso contar com veículos confiáveis. Só assim você terá a tranquilidade de saber que os itens serão recebidos em perfeitas condições e deixarão os clientes satisfeitos.

Agora que você já sabe a importância da qualidade das carrocerias refrigeradas, o que acha de adquirir um desses veículos em sua empresa? Para se informar mais sobre tais produtos, entre em contato conosco!