O desgaste dos veículos e a falta de cuidados pode trazer muitos prejuízos financeiros e de tempo para uma empresa que administra diversas unidades. É preciso tomar algumas atitudes para prolongar a vida útil da frota, gerando mais estabilidade e economia para o negócio.

Garantir que os veículos estejam sempre em bom funcionamento, com as manutenções em dia exige planejamento e organização. Portanto, cuidar desses elementos reduz a necessidade de troca e reparo dos veículos, o que traz muitos gastos para a empresa e prejudica a competitividade do negócio.

Pensando nisso, trouxemos 7 dicas essenciais para prolongar a vida útil da sua frota. Confira nossas sugestões!

1. Monitorar a troca de óleo

Um dos cuidados importantes na preservação de uma frota é monitorar a troca de óleo. A lubrificação atua diretamente na conservação do motor e no funcionamento adequado das peças mecânicas, garantindo o desempenho máximo e retardando o processo de desgaste. Desse modo, o óleo deve ser trocado regularmente, em um intervalo recomendado pelo fabricante.

Além disso, também é fundamental prestar atenção no filtro de óleo. Filtros de óleo antigos costumam acumular partículas de óleo e sujeira. Desse modo, quando a troca não é realizada, é normal que os resíduos se misturem com o novo óleo limpo, prejudicando o desempenho e diminuindo a vida útil do motor.

2. Manter os níveis de fluido adequados

Outro ponto que merece atenção é a manutenção dos níveis adequados de fluido. Eles são responsáveis pelo funcionamento adequado dos veículos, portanto, devem ser monitorados de forma regular. Desse modo, é importante realizar inspeções periódicas para verificar os níveis de óleo de freio, transmissão e direção, assim como a água para refrigeração.

O nível correto dos fluidos ajuda a evitar o atrito entre as peças, aumentando a vida útil dos veículos. Além disso, também é importante verificar as condições dos filtros, pois eles acumulam sujeira que, ao se misturar com óleo limpo, prejudicam até mesmo o desempenho do motor.

3. Verificar os pneus

Os pneus são elementos fundamentais para a preservação dos veículos, por isso, devem ser acompanhados de maneira estratégia. Quando eles estão fora das condições ideais, colocam a carga e os motoristas em perigo, aumentam o consumo de combustível e danificam a frota.

Por isso, é preciso verificar se os pneus estão com a pressão recomendada, se as rodas estão alinhadas e se eles não estão muito ressecados, pois todos esses fatores prejudicam o desempenho. Quando esses cuidados não são tomados, é normal sofrer com prejuízos financeiros que poderiam ser evitados.

Além disso, também é importante também é preciso estabelecer o rodízio dos pneus, que nada mais é do que mudar pneus dianteiros e traseiros de lugar. A troca de posição entre eles aumenta a durabilidade, pois em outras posições eles sofrem outro tipo de influência, equilibrando o desgaste.

4. Limpar os veículos regularmente

Manter os veículos limpos parece apenas uma questão de aparência, mas, na verdade, a limpeza contribui de maneira direta na preservação da frota. Algumas sujeiras, como excrementos de aves e a seiva das árvores, podem provocar corrosão na pintura, deixando a lataria exposta ao processo de ferrugem e deterioração.

Desse modo, é interessante estabelecer uma rotina de limpeza, semanal ou quinzenal, para garantir as melhores condições para a frota. Além da lavagem periódica, também vale a pena investir na aplicação de cera algumas vezes ao ano, pois ela contribui na conservação das boas condições.

5. Fazer manutenções preventivas

Uma das principais dicas para prolongar a vida útil da frota é fazer manutenções preventivas. Esse é um processo que cuida de todos os elementos dos veículos, como a necessidade de troca de peças, pneus, óleo, filtros, regulagem de freios, e suspensão.

Ao realizar essas manutenções regularmente, de forma planejada, é possível reduzir a depreciação e aumentar o tempo de vida útil de cada veículo, atrasando a necessidade de troca pelo maior tempo possível. Isso acontece porque as trocas e reparos são feitos antes que um problema maior seja detectado, evitando danificações mais sérias e que exigem gastos maiores.

A manutenção preventiva também contribui para manter o fluxo de trabalho da empresa, pois os reparos e trocas são realizadas de forma planejada. Sendo assim, a empresa não é pega de surpresa com a necessidade de reparos, o que prejudicaria os prazos de entrega, pela indisponibilidade de alguns veículos.

6. Ensinar bons hábitos de direção

Ensinar bons hábitos de direção para os motoristas também é essencial para a preservação da frota. As técnicas de condução defensiva são importantes, pois contribuem para evitar acidentes, preservando principalmente a vida, mas também evitando prejuízos nos caminhões e cargas.

A direção também deve ser econômica, pois o motorista habilidoso conduz com suavidade, evitando freadas e acelerações desnecessárias. Acelerar o veículo lentamente ao dar a partida, por exemplo, permite que a troca de marchas ocorra no momento adequado, protegendo do desgaste.

7. Usar peças e serviços de qualidade

Outra forma de preservar a frota é prezar sempre pela utilização de peça de procedência e serviços mecânicos de excelência. É fundamental procurar concessionárias autorizadas da marca dos veículos para contar com o apoio de um mecânico capacitado, que oferece o conhecimento técnico necessário para fazer os reparos e a manutenção de maneira adequada.

Tão importante quanto o serviço, é priorizar as peças originais, pois ela oferece mais durabilidade, além de um desempenho mais eficiente. Muitas vezes ao tentar economizar com produtos mais baratos, os gastos se tornam maiores, pois é necessário realizar trocas antes do prazo e, em alguns casos, elas podem danificar outros elementos.

Neste artigo, trouxemos algumas dicas essenciais para prolongar a vida útil da frota, algo fundamental para economizar e trazer mais segurança financeira. Lembre-se sempre de promover o treinamento dos motoristas, que são figuras relevantes para preservar os veículos. Desse modo, é possível conseguir bons resultados e garantir a utilização correta dos recursos, sem prejudicar orçamento da empresa.

Gostou de aprender mais sobre este tema? Então, aproveite para compartilhar o artigo nas suas redes sociais e contribua para que mais pessoas aprendam a prolongar a vida útil da frota!