Por que é importante respeitar a capacidade de carga do caminhão?

carga do caminhao

Uma empresa que trabalha com processos logísticos deve sempre buscar maneiras de aumentar a produtividade e os resultados, entretanto, esse ideal não deve negligenciar a segurança para a atividade. É fundamental respeitar a capacidade de carga dos veículos para evitar acidentes e multas que comprometam a lucratividade do negócio, além de expor os profissionais a riscos desnecessários.

Muitas vezes pela vontade de economizar e entregar mais produtos em menos tempo, as empresas se sentem tentadas a operar com a carga acima dos limites nos caminhões. Essa é uma prática que não traz vantagens para o negócio, visto que os riscos corridos podem não só tirar a margem de lucro, como trazer prejuízos maiores para a organização.

Neste artigo, apresentaremos alguns motivos que demonstram a importância de respeitar a capacidade de carga do caminhão. Veja quais problemas esse cuidado ajuda a evitar!

Evita problemas no veículo

O respeito à capacidade de carga do caminhão é essencial para evitar problemas no veículo. Quando o automóvel trafega dentro do limite correto, não há esforço adicional na sua estrutura, nem no seu conjunto motriz. Além disso, outros componentes, como pneus, freios e suspensão são menos demandados, contribuindo com a preservação da vida útil da frota.

De modo geral, os gastos com manutenção serão menores, produzindo uma economia importante para a empresa. O dinheiro que seria recebido ao transportar uma carga excedente poderia ser gasto em reparos no veículo, portanto, essa prática não se torna vantajosa financeiramente.

Garante a segurança do caminhoneiro

A segurança do caminhoneiro deve ser uma prioridade da empresa, afinal, esse profissional que permite a entrega das cargas e um serviço de qualidade para o cliente. Desse modo, é preciso tomar todos os cuidados para que os colaboradores não sejam expostos a riscos desnecessários enquanto estão na estrada.

Com excesso de peso, todo o desempenho do caminhão fica comprometido, causando a demora para alcançar a velocidade e trazendo dificuldades para parar. Isso acontece porque os freios precisam fazer mais esforço para que o veículo pare, o que aumenta o risco de superaquecimento.

O resultado desse processo é o maior espaço necessário para frenagem, sendo que em casos extremos, o veículo perde totalmente os freios. Essa situação coloca os motoristas em exposição a acidentes, tirando a segurança dos profissionais enquanto trabalham.

Reduz os riscos de tombamento do caminhão

Outro risco bastante comum das cargas em excesso que pode afetar o motorista em curto prazo é a possibilidade de tombamento. Cada caminhão foi projetado para carregar uma certa quantidade de peso, assim como as estradas também são feitas para suportar um limite, sendo que o desrespeito pode causar acidentes.

Quando os limites são desrespeitados, uma série de riscos surgem, inclusive de o veículo tombar pelo excesso de peso. Esse perigo aumenta mais em pontos críticos, como curvas e pontes, além de ultrapassagens feitas em alta velocidade, pois as chances de o caminhão não suportar o peso e um acidente ocorrer são bastante grandes.

Evita multas

É normal que nas estradas brasileiros os caminhoneiros tenham que passar em pontos obrigatórios para fazer a verificação do peso transportado. Quando o excesso de peso é detectado, o motorista é obrigado a pagar uma multa de aproximadamente R$ 130,00 e valores adicionais a cada 200g extras além do limite.

Quando o caso é o excesso de dimensão da carga, a multa é ainda mais cara, pois essa infração é considerada grave. O valor é de aproximadamente R$ 200,00, além de retenção do veículo para regularizar a situação antes de seguir viagem.

Além da multa, o motorista recebe quatro pontos na sua Carteira Nacional de Habilitação por excesso de peso e cinco pontos em caso de dimensão da carga além do permitido. Esse é um problema sério, pois o caminhoneiro precisa estar constantemente na estrada, sendo que se atingir o limite de 20 pontos em um ano perderá sua carteira, não podendo mais atuar.

Outro ponto que deve ser destacado é a necessidade de se livrar do peso extra para continuar viagem. Esse contratempo pode exigir que outro caminhão venha recolher a carga, o que será ainda mais custoso para a empresa.

Reduz o consumo de combustível

Um dos maiores custos na área de transporte é o gasto com combustível. O preço está em constante crescimento nos postos, sendo algo que deve ser analisado pelo gestor de frotas. Exceder os limites de carga do caminhão pode diminuir as margens de lucro do caminhoneiro, pois o consumo tende a crescer.

O aumento do consumo acontece porque o veículo precisa manter maiores rotações para se movimentar com o excesso de peso, não conseguindo operar com a eficiência energética ideal. Sendo assim, ao transportar carga em excesso, é preciso consumir mais combustível para alcançar um ganho pequeno de velocidade.

A situação fica ainda mais complicada em trechos com trânsito lento, repletos de curvas e com subidas íngremes. Portanto, o excesso deixa de ser uma vantagem e se torna um custo.

Diminui a emissão de gases poluentes

Outro fator negativo do exceder o peso dos caminhões é o aumento da emissão de gases poluentes. Com a carga acima do limite, o veículo precisa manter rotações mais altas no motor, aumentando o consumo e, consequentemente, a produção de gases resultantes da queima do combustível.

Além disso, manter o motor trabalhando constantemente em regimes severos pode diminuir a vida útil dos filtros de ar e de exaustão, o que também aumenta a necessidade de manutenções e trocas. Quando esse processo não é feito de forma periódica, esses componentes perdem a eficiência, piorando a qualidade dos gases expelidos pelo caminhão.

Neste artigo, mostramos como é importante respeitar a capacidade de carga do caminhão e os riscos que são evitados ao cumprir os limites de segurança. Quando a empresa se preocupa com esse aspecto ela evita que seus colaboradores sejam expostos a perigos sem necessidade, o que demonstra a valorização profissional. Portanto, é vantajoso cuidar para não ultrapassar os limites e diminuir a probabilidade de gastos pelo excesso de peso.

Gostou das nossas dicas sobre este tema? Então, aproveite para seguir a nossa página no Facebook e receba outras informações importantes para a gestão de frotas!

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on email