Para quem deseja trabalhar com o transporte de cargas, montar uma transportadora de refrigerados pode ser uma boa oportunidade de negócio. No país, ainda são poucas empresas que trabalham com esse tipo de serviço. Além do mais, o retorno pode ser bom, já que os valores são mais elevados para o frete de produtos que precisam de refrigeração.

Desse modo, começar a levar produtos em refrigeração também é uma estratégia interessante para transportadoras que pensam em ampliar os serviços e crescer no mercado. Contudo, é preciso ter organização e competência para atuar nesse ramo, além de muito cuidado para que a carga não seja comprometida.

Pensando em montar um negócio na área? Nós listamos os principais passos para você iniciar sua transportadora de refrigerados!

1. Planeje bastante

O primeiro passo é o planejamento. Montar um plano de negócios ajuda o empreendedor a entender melhor os seus objetivos e o contexto que a transportadora vai se inserir. Esse documento deve conter, por exemplo:

  • o que é o negócio;
  • dados da empresa;
  • os serviços oferecidos;
  • área de atuação;
  • público-alvo;
  • investimento;
  • expectativa de faturamento mensal;
  • tempo esperado do retorno do investimento.

Para fazer esse planejamento, é importante pesquisar sobre o mercado, analisar a concorrência, definir os serviços que serão oferecidos, estabelecer os veículos necessários, estipular o número mínimo de funcionários, calcular o investimento necessário e estudar o público. Lembre-se de que esse plano vai servir de base para sua transportadora, então deve ser bem completo e minucioso.

Também é indispensável conhecer os documentos essenciais para o transporte de cargas e cuidar de toda a burocracia necessária para abrir uma transportadora, como CNPJ, razão social e responsável legal, registro na junta comercial, alvará de funcionamento, entre outros.

2. Calcule os custos

É preciso ter um capital inicial para estruturar uma transportadora de refrigerados. Além dos gastos com a montagem do escritório para administração da empresa, é necessário preparar um galpão para manter a frota e ter um espaço para armazenamento de mercadorias. Também é primordial realizar a compra de equipamentos básicos, como veículos de carga, caminhão frigorífico, baús refrigerados etc.

Não esqueça de calcular os custos para funcionamento da empresa no dia a dia, como:

  • despesas com água, luz, internet e telefone;
  • pagamento de colaboradores;
  • gastos para manutenção da frota;
  • seguros e impostos;
  • custos contábeis e administrativos.

Com o entendimento dos gastos necessários para montagem e administração de uma empresa de transporte de cargas refrigeradas, você pode separar melhor um capital inicial e de giro que seja suficiente para manter o negócio saudável e lucrativo até que haja um retorno financeiro.

3. Tenha atenção à segurança

Outro fator importante é a segurança dos caminhoneiros e das cargas. No Brasil, o roubo de mercadorias e má qualidade das estradas afeta o transporte de produtos e pode levar a empresa a ter sérios prejuízos.

Nesse contexto, é recomendável fazer um seguro de transporte de carga e investir em ações para diminuir danos e ter mais controle na logística, como treinamento de funcionários, cuidados com a segurança no trabalho, registro de entradas e saídas etc.

Com o treinamento dos colaboradores, há menos riscos de que informações confidenciais sejam passadas para potenciais criminosos. Já o controle da movimentação das cargas e da rotina dos motoristas traz mais segurança para todos. Registre cada saída com o caminhão e os horários que cada um trabalhou.

4. Invista nos funcionários

Além de escolher uma equipe com bons profissionais, é primordial fazer treinamentos e investir nos seus colaboradores. Uma boa gestão de pessoas faz com que a empresa tenha funcionários mais motivados e dedicados ao trabalho.

Invista em campanhas de conscientização sobre a segurança no trabalho e organize cursos, oficinas e outros eventos sobre logística e transporte. Também é válido usar um sistema de rodízio de condutores e trabalhar com prazos mais longos para entrega das mercadorias. A redução do estresse e pressão no ambiente de trabalho pode evitar acidentes e reduzir os riscos no transporte de cargas.

5. Faça o transporte correto das cargas

O transporte de alimentos, medicamentos e outras cargas que precisam de refrigeração requer bastante cuidado e atenção. A mercadoria precisa ser conservada desde o manuseio até sua distribuição.

Para que o transporte seja feito corretamente, a empresa deve estar atenta à embalagem correta dos produtos, ao processo de carga e descarga, à manutenção da temperatura adequada e ao veículo utilizado. O caminhão deve ser equipado com um baú de boa qualidade, que mantenha a refrigeração da carga.

A transportadora não tem obrigação de congelar ou resfriar a carga. Na verdade, as mercadorias já devem vir com a temperatura adequada. No entanto, a empresa precisa manter essa temperatura ideal e conservar as mercadorias durante todo o processo.

Uma má refrigeração pode causar problemas na qualidade ou, até mesmo, perda dos produtos. O ideal é que os alimentos estejam congelados abaixo de -18ºC ou resfriados entre 0ºC e 7ºC, mas cada tipo de produto tem uma temperatura ideal que deve ser observada.

6. Não esqueça da divulgação

Lembre-se ainda de organizar a comunicação da transportadora. De nada adianta ter um negócio incrível, mas que ninguém conhece. Para isso, é importante conhecer bem o seu público e a região em que sua empresa está localizada.

O marketing online tem um baixo custo e gera bons resultados. Um site, blog e redes sociais são alguns meios de comunicação básicos que uma empresa precisa. Também pode ser interessante usar outras formas de divulgação, como propagandas em rádio e televisão, panfletos, entre outros.

É importante ressaltar que toda comunicação deve ser pensada de acordo com os objetivos do negócio e o público-alvo. Uma estratégia coerente de divulgação traz melhores resultados para sua empresa.

7. Escolha bons fornecedores

Por fim, não esqueça de escolher bons fornecedores para os baús refrigerados da sua empresa. A qualidade das carrocerias refrigeradas é muito importante. É ela que garante a temperatura ideal para carregamento e acondicionamento dos produtos. Sem um cuidado nessa área, você corre o risco de danificar a carga e ter prejuízos no seu negócio.

Dessa forma, é essencial ter atenção no momento de escolher os fornecedores para sua transportadora de refrigerados. Procure empresas de qualidade e que tenham produtos reconhecidos no mercado.

Precisa de baús refrigerados para o seu negócio? Então entre em contato com a Real Furgões. Somos especializados na fabricação de soluções para o transporte de cargas!